LT 500 KV Luziânia – Pirapora 2 – Trecho G3

Em fevereiro de 2016 a Paranaíba deu início às atividades de comissionamento no trecho G3 LT 500 kV Luziânia – Pirapora 2, prevendo a possibilidade de antecipar a sua entrada em operação.
Antes da LT entrar em operação e ser integrada ao SIN – Sistema Interligado Nacional – são realizados uma série de estudos para definir as condições necessárias à sua operação, tais como a implantação dos sistemas de comunicação de voz e dados, dos sistemas de supervisão, e de proteção e controle.
Para verificar as intervenções necessárias para garantir a conexão e operação da LT de acordo com os critérios ambientais, de segurança e controle, definidos no projeto é realizado o Comissionamento, que consiste no processo de inspeção em campo, em toda a extensão da LT, para assegurar que todos os sistemas e componentes estão em conformidade com o projeto. Nessa fase são também realizados testes nos equipamentos e testes elétricos para assegurar a entrada da LT em operação de acordo com todos os critérios de segurança indicados no projeto.
Participam dessa fase do projeto, equipes técnicas da engenharia e de meio ambiente. Os inspetores ambientais verificam ao longo da LT, as condições de solo, da vegetação, das estradas de acesso, bem como as condições das áreas produtivas em todas as propriedades atingidas.

Colchete de acesso à propriedade em bom estado de conservação.
Visão geral da Torre Estaiada locada em área de pastagem
Área de fundação do estais.
Faixa de serviço. Pastagem + área de agricultura (Soja)

 

Em destaque, dispositivo de drenagem, instalado pela Construtora São Simão, no acesso à torre (murundum com sangria).
Técnicos da engenharia conferindo a resistência do Estai B.
Sinalizadores instalados no Estai.
Inspeção na Faixa de serviço. Cerrado + agricultura (soja). Supressão da vegetação dentro dos limites licenciados.